Tel: 47 3368.4756 / 3368.4412

WhatsApp: 47 99215-0479

secretaria@atlanticoeducacional.com.br

Rua 260A nº388

Meia Praia

Itapema-SC

whatsapp-colégio-atlântico

Inclusão: fale sobre isso com seus filhos

17/01/2019

Vamos falar sobre inclusão? De acordo com a teoria do canadense Albert Bandura, especialista em pedagogia e psicologia social, as crianças aprendem por imitação, seguindo o modelo dos pais, sobretudo no que se refere a habilidades ou comportamentos sociais. Sendo assim, os pais ou familiares têm um papel fundamental sobre como uma criança agirá com um companheiro ou amigo com deficiência.

 

 

Hoje, no Brasil, 6,7% da população tem algum tipo de deficiência, seja visual, intelectual, física, auditiva ou mental. E sabemos que qualquer uma delas limita as ações e a convivência em sociedade.

 

Por muito tempo, a deficiência foi tratada como tabu. Em muitos casos, essas pessoas especiais viviam segregadas da sociedade e até mesmo do convívio familiar, sendo excluídas de lugares como parques, edifícios públicos, shoppings e até escolas, por conta de características físicas, psíquicas ou emocionais. Essa realidade mudou! Hoje, as pessoas com deficiência têm mais atenção de governos e ONGs, que começaram a criar leis e meios para a inclusão.

 

Mas como as ações de inclusão das pessoas com deficiência devem partir dos pais, é importante obter conhecimento a respeito do assunto para que as instruções a serem dadas aos filhos sejam adequadas. Sabemos que conhecer todas as deficiências é complexo, mas é fundamental lembrar que por trás de toda deficiência existe uma pessoa que deve ser conhecida e valorizada da mesma forma que outra sem nenhuma incapacidade aparente. 

 

Vamos ajudar você na tarefa de orientar o seu filho, o que acha? Confira algumas dicas essenciais dos especialistas na área:

 

Como reagir diante da deficiência

 

Evite atitudes negativas, como: 

  • Afastar a criança de uma pessoa em uma cadeira de rodas, o que pode criar uma sensação equivocada de que a deficiência é contagiosa. 

  • Não permitir que seu filho toque nas crianças com deficiência “porque pode machucá-las”. Isso gera medo! 

 

Como ensinar a respeitar pessoas com deficiência

  • Falando sobre elas através de contos com personagens deficientes; 

  • Incluindo crianças com deficiência nos desenhos;

  • Incentivando a amizade e brincadeira com crianças deficientes, seja com companheiros de classe ou vizinhos. 

 

Como falar de inclusão social com o seu filho

  • Quando ele questionar porque uma pessoa fala, anda ou tem uma cor diferente, explique que cada pessoa é única, mas que por dentro somos todos iguais;

  • Ensine o seu filho a não sentir pena de pessoas portadoras de deficiência;

  • Mostre para ele que há várias maneiras de se expressar e que algumas pessoas podem se comunicar de formas diferentes, mas são capazes de entender e sentir;

  • Algumas crianças especiais têm medo ou vergonha de se aproximar dos outros. Incentive o seu filho a dizer “oi” e incluí-las nas brincadeiras.

  •  

Agora é com você, faça a sua parte para ajudar o seu filho a fazer deste mundo um lugar melhor para todos vivermos em harmonia!

 

 

 

Please reload

Colégio Atlântico