Animais são aliados no desenvolvimento das crianças

28/09/2018

  

A nossa afinidade com os animais é inata e existe uma atração natural entre eles e as crianças, o que faz dos bichinhos grandes aliados no desenvolvimento dos nossos filhos. É isso mesmo! Mais que parceiros de brincadeiras, os bichos ensinam grandes lições e até melhoram a imunidade das crianças. O papel de um animal na vida dos pequenos é tão impactante que das 50 primeiras palavras que uma criança prenuncia pelo menos sete são nomes de animais, muitas vezes, antes até de ‘pai’ e ‘mãe’.

 

 

Se você está em dúvida sobre ter um animal de estimação ou está pensando em se livrar do bichinho que seu filho insistiu em trazer pra casa, vamos falar um pouco sobre os grandes benefícios que eles podem trazer a sua família e quem sabe você repense seus conceitos.

 

 

Imunidade

 

Pesquisa feita na Finlândia, na Universidade de Kuopio, atestou que a convivência entre cães e crianças favorece o fortalecimento do sistema imunitário, reduzindo significativamente o risco de desenvolvimento de doenças respiratórias e infeciosas. Pesquisas realizadas pela Associação Americana do Coração comprovaram que ter um animal de estimação reduz significativamente o risco cardíaco, inclusive nas crianças. O resultado é explicado pelo fato de o companheiro animal estimular a atividade física e, diretamente, o trabalho cardiovascular.

 

 

Segurança

 

Os animais proporcionam um acentuado sentido de segurança às crianças. Estas confiam no mundo para lhes proporcionar alimento, agasalho, afeição. A primeira necessidade pode não ser satisfeita por um companheiro animal, mas a coerência das reações que recebem dos animais de estimação, em todo o resto, é capaz de aumentar a expectativa da criança de que será amada a apreciada.

 

 

Ligação afetiva

 

As crianças formam ligações afetivas fortíssimas com os animais, que em muitos casos podem ser tão fortes quanto as que têm com os pais. Conexões emocionais feitas com animais podem ser mais facilmente transferidas para relações entre humanos, através do aumento de atitudes empáticas.

 

 

 

Emoções e conforto

 

Todas as crianças recorrem aos seus animais de estimação em momentos de tensão emocional. As crianças destacam a capacidade do animal de escutar, tranquilizar, demonstrar aprovação e proporcionar companheirismo.

 

 

 

Respeito ao próximo

 

Ter um animal em casa ajuda o desenvolvimento da criança em vários aspectos, inclusive ensina o respeito ao próximo, uma vez que mostra a importância de ter respeito por um ser vivo que precisa de atenção, carinho e cuidados.

 

 

Responsabilidade

 

Normalmente as crianças estão habituadas a serem cuidadas, mas quando têm animais de estimação e lhes é incutida essa responsabilidade, os papéis invertem-se e há uma aprendizagem que é feita, há um senso de responsabilidade que lhes é incutido. Dependendo da idade da criança os pais podem deixar uma pequena responsabilidade diária para ele, como por exemplo colocar água, recolher o jornal ou qualquer outra atividade.

 

 

Lição sobre a morte

 

Apesar de a morte ser inerente à vida, muitos de nós têm medo ou pena de deixar uma criança sofrer ao encarar a dura verdade sobre a morte de um animal querido. Quando um animal doméstico morre, os pais devem falar a verdade e não simplesmente substituí-lo ou mentir que o mesmo fugiu ou foi embora. Com este fato a criança aprenderá a lidar com as perdas.

 

 

Cuidados importantes:

 

  • Antes de adquirir um animal de estimação você deve pensar no bem-estar dele, pois não adianta ter um animal que ficará o dia inteiro sozinho, trancado em um apartamento.

  • Não adianta adquirir um animal se a criança tem medo, pois não será desta forma que a criança perderá o medo.

  • Observe também a questão da saúde da criança. Crianças alérgicas não podem ter cachorros ou gatos, mas talvez possam ter um pássaro, uma tartaruga ou um peixe.

 

Caso você esteja convencido da importância dos animais na vida do seu filho, mas ele não, experimente alimentar o gosto dele pelo contato com os animais. Seguem algumas dicas:

 

  • Não force o interesse, mas incentive de forma leve e positiva.

  • Promova atividades lúdicas, dispensando tablets, TVs e afins.

  • Leia histórias que envolvem animais, mostre fotos e sons que os bichos fazem.

  • Sempre frequente parques e saia da cidade para um passeio quando possível.

  • Conte sobre a origem dos alimentos, de onde eles nascem e como chegam até nós.

  • Mostre como é agradável pisar na grama, mexer na terra e na água.

  • Leve-os para conhecer uma fazenda com uma boa estrutura para crianças

 

Please reload

Colégio Atlântico

Tel: 47 3368.4756 / 3368.4412

WhatsApp: 47 99215-0479

secretaria@atlanticoeducacional.com.br

Rua 260A nº388

Meia Praia

Itapema-SC

whatsapp-colégio-atlântico