Brincar com o seu filho ajuda no desenvolvimento

12/11/2018

Fim do expediente, o cansaço é imenso, há muita coisa para fazer em casa e o seu filho quer brincar. Complicado, né? E assim como você, seu filho também tem suas tarefas, como fazer a lição e organizar o quarto. Neste caso, o ideal é cada um cumprir com as suas obrigações mais importantes, certo? Não exatamente! Certas atividades não podem esperar, e uma delas é a brincadeira.

 

 

Brincar é fundamental para que a criança desenvolva habilidades intelectuais e emocionais essenciais no futuro, e bastam 15 minutos por dia, sabia? Por meio da brincadeira ela experimenta o mundo, reflete sobre a realidade, assimila a cultura em que está inserida, explora novas possibilidades, compreende relações sociais, organiza suas emoções, desenvolve seu senso de autonomia e autoestima. E aprende. É como um treino para a vida, entende?

 

E tem mais: você deve brincar com o seu filho! Mas procure fugir da tecnologia dos tabletes e celulares, que trazem habilidades mas têm suas limitações e controvérsias. Opte por brincadeiras mais lúdicas ou ao ar livre. Difícil, né? Pesquisa realizada em 10 países com 12 mil pais de crianças entre cinco e 12 anos aponta que metade dos entrevistados diz não ter tempo para brincar ao ar livre com os filhos. E, nas famílias consultadas, 84% das crianças brincam no máximo duas horas por dia, 40% brincam menos de uma hora, e 6% nunca brincam ao ar livre em um dia normal.

 

 
A verdade é que o tempo para brincadeiras comuns está sendo, cada vez mais, consumido por outras atividades, uma vez que no senso comum elas estimulariam mais a produtividade e o desenvolvimento do que o simples divertimento. O problema é que o valor da brincadeira excede o simples entretenimento para entrar no campo da aprendizagem e do desenvolvimento emocional, social e cognitivo da criança.

 

Sendo assim, que tal rever seus conceitos e sua escala de prioridades para estar ao lado do seu filho nesta fase importante da vida dele? Lembre-se que este é um ônus da paternidade e maternidade! A boa notícia é que além de ajudar seu filho a se desenvolver, o ato de brincar pode fazer com que você descanse, se divirta e se aproxime mais ainda dele. Para ajudar nessa empreitada, separamos algumas dicas legais pra você, confira:

 

 

Benefícios da brincadeira:

  • Desenvolver o equilíbrio emocional

  • Simular e resolver situações e conflitos

  • Apurar sua criatividade

  • Experimentar diferentes papéis sociais

  • Aprender a socializar

 

Dicas de como brincar com o seu filho, segundo o Projeto Vroom.org:

 

Olhe para seu filho, mostre que você se importa com a brincadeira e dê atenção a ela. Observe seu filho brincando, mesmo que você não esteja participando diretamente

 

Converse, mesmo com os bebês. Faça sons, cante músicas, aponte e dê nome para as coisas e converse mesmo. Pode não parecer, mas os sons e gestos que as crianças fazem são o modo de se comunicar com você.

 

Siga seu filho, deixe que ele tente brincar e conquistar os desafios que aquela brincadeira está colocando para ele. E deixe também que ele lidere a brincadeira. Isso o deixará mais seguro e confiante.

 

Estique a brincadeira quando ela estiver interessante, mesmo que você não esteja brincando junto. Incentive seu filho a repetir.

 

Faça bate-bola com seu filho, um dia você lê uma história e no outro é a vez de seu filho contar, olhando as figuras. Esta oportunidade de revezar com as crianças ajuda no desenvolvimento.

 

 

 

Please reload

Colégio Atlântico

Tel: 47 3368.4756 / 3368.4412

WhatsApp: 47 99215-0479

secretaria@atlanticoeducacional.com.br

Rua 260A nº388

Meia Praia

Itapema-SC

whatsapp-colégio-atlântico